Arquivo da tag: Muricy

Volta Muricy! Volta para…

Alguns integrantes de uma das torcidas organizadas do Palmeiras estão neste instante na Academia de Futebol protestando contra o atual momento do clube. “Fora Cipullo”, “Cadê os reforços”, “Belluzzo incompetente”, essas são algumas das faixas estendidas na entrada do local. Até aí tudo normal. Diria até que estava demorando para a torcida fazer seu burburinho.

Mas o que despertou atenção foi uma faixa com a frase “Volta Muricy”. Meu Deus, exclamação. Eu sinceramente não entendi. As únicas interpretações sensatas possíveis são as de que os torcedores estão pedindo para o Muricy voltar para casa, ou ao São Paulo, ou até mesmo para a escola de técnicos, caso existisse.

O que eu não quero acreditar é que eles pedem a volta de Muricy ao Palmeiras. Não faz nenhum sentido. Não consigo imaginar o que Muricy Ramalho fez de bom no Palmeiras para deixar tanta saudade.  Comparo esses infelizes com os mais infelizes ainda que protestam e pedem a volta do governador do panetone. Acho que essa meia dúzia de palmeirenses deve estar sofrendo uma espécie de Síndrome de Estocolmo.

Não dá para imaginar o que passa na cabeça dessa meia dúzia de sujeitos – que acham que representam a torcida do Palmeiras – embora tenha que ser levado em consideração que os torcedores organizados, na média, não têm por costume pensar.  Se fosse volta Luxemburgo eu até compreenderia, pois o (ex)trategista ao menos já deu títulos para os torcedores. Ou até mesmo volta Jorginho. Agora volta Muricy é duro de entender.

7 Comentários

Arquivado em Palmeiras, Polêmicas

Não me supreendeu

O resultado da partida de ontem não me surpreendeu. E não deveria surpreender a ninguém que entende um mínimo de futebol.

Ora, um time que joga com 3 volantes – sendo um deles Edinho Pancada – e apenas 1 atacante (não, por favor, não acreditem na mentira contada por Muricy de que Márcio Araújo estava jogando de meia e que Diego Souza jogava de atacante) não pode ter muita sorte no resultado. A vitória nesse caso é exceção. Quem tem vontade de vencer coloca em campo no mínimo uma equipe com 2 meias e 2 atacantes – o velho e bom 4-4-2 – ainda que não tenha em seu elenco jogadores de qualidade para o setor. Muricy, pelo jeito, não tem tanta vontade. Prefere a formação que chamo de “heróis da resistência”. É adepto da filosofia “todo grande time começa por um bom volante”.

O palmeirense provavelmente está crucificando o atacante Robert. De fato o jogador é medíocre. Isso é indiscutível. Há quem diga que os atacantes Souza e Bill do Corinthians são melhores. Meu Deus, exclamação. É de se pensar. Mas apesar da mediocridade de Robert, não se pode ignorar a velha teoria que diz que o culpado é quem contrata o jogador, ou seja, a diretoria do Palmeiras.

Por falar na diretoria, o Professor Belluzzo, antes figurinha recorrente nos programas esportivos, principalmente quando o Palmeiras era líder do campeonato brasileiro, simplesmente sumiu da mídia. Só há duas explicações: ou está levando a sério a suspensão imposta pelo STJD ou então está evitando aparecer com medo de ser indagado a respeito dos grandes atacantes que havia 2 meses prometia que iriam aparecer em breve no Palmeiras.  Sou mais a segunda opção.

Amanhã talvez ele dê o sinal da graça para aplicar mais um dos seus “remedinhos contra crise”, especialidade da sua gestão. Vou dar uma de Robério de Ogum e tentar adivinhar o que a diretoria do Palmeiras vai plantar na mídia para acalmar os ânimos da exigente, porém facilmente iludida torcida: (a) “Belluzzo viaja atrás de Valdivia”; (b) “Siderúrgica chinesa e empresários italianos pretendem colocar Messi no Palmeiras”; (c) “Obras da Arena começam no próximo mês” (nessa, 80% dos palestrinos vão acreditar); d) “Palmeiras não desiste de Kleber Gladiador”.

Na minha modesta opinião o Palmeiras contratará nos próximos dias o atacante Kieza, atualmente encostado no Fluminense. E olhe lá.

A diretoria tem grande parcela de culpa pelo que está acontecendo com o Palmeiras. Os erros são muitos. Planejamento zero, “reforços” medíocres, incompetência para contratar jogadores, mentiras e mais mentiras, enfim, são vários os motivos para responsabilizar a diretoria comandada pelo Professor Belluzzo pelos vexames que o Palmeiras vem passando e pelos que o time provavelmente vai passar neste ano.

Contudo, muitos estão se esquecendo de também atribuir parcela de culpa ao Sr. Muricy Ramalho, que, embora nitidamente retranqueiro e medroso, vem sendo bastante poupado de críticas pela imprensa especializada.

Ora, é inegável que Muricy vem contribuindo e muito para agravar a situação do Palmeiras. Suas escolhas, suas indicações, suas escalações. Muricy erra simplesmente em tudo. O próprio Robert foi Muricy quem indicou. Edinho também.

O jogo de ontem é outro exemplo que não pode ser ignorado. Muricy entrou em campo contra o todo poderoso São Caetano com 3 volantes e apenas 1 atacante. Ou seja, demonstrou medo ao adversário e naturalmente o chamou para o ataque. Resultado: a equipe do ABC acuou o time alviverde no seu campo e acabou fazendo 3 x 0 ainda no 1º tempo.

Mas o pior ainda estava por vir. Perdendo em casa de 3 x 0, todos imaginavam que Muricy Ramalho iria voltar do intervalo com um time mais ofensivo. Todos menos eu. Acertei em cheio. Muricy Ramalho não teve vergonha de trocar o único atacante por outro, colocando, assim, toda a culpa em Robert. Manteve seus 3 volantes, inclusive Edinho, que não serve para outra coisa que não dar pontapé. Aliás, hoje o Palmeiras é Edinho e mais 10.

Resultado óbvio: goleada do São Caetano.

Os defensores de Muricy podem alegar que ele não tem jogadores para o setor ofensivo. É verdade. Mas pelo que Muricy já mostrou no Palmeiras, mesmo que ele tivesse à disposição Adriano, Ronaldo, Fred, Luis Fabiano e seja lá mais quem for, ainda assim jogaria com apenas 1 atacante.

Por tudo isso tenho duas conclusões: a primeira é de que Muricy Ramalho não deve resistir por muito tempo, até porque ninguém correrá por ele; e a segunda é de que este ano (e sabe lá por quanto mais tempo) a alegria do palmeirense só pode vir do eventual fracasso corintiano no ano do centenário.

16 Comentários

Arquivado em Palmeiras, Paulista

Papelão, pra variar

Sem surpresas.

Armero continua o mesmo. 57 jogos sem marcar, nem atacar, sem fazer absolutamente nada. Deve ser o único jogador em atividade que não detém nenhum dos fundamentos do futebol. E olha que considerei Escudero jogador. Se continuar assim, baterá o recorde do lateral Lúcio Cajueiro, que entre 2003 e 2006 atingiu a marca de 71 jogos no Palestra sem acertar um cruzamento.

Muricy, meu Deus. Completou 6 meses. Com serenidade, durante todo esse período, não me lembro de nenhuma boa partida do time. Até Caio Jr. teve performance melhor. A única jogada é a bola aérea. Do Palestra e dos adversários. Indicou Robert, Edinho pancada e Fernandão (o último não chegou por pura sorte). Diiiiizem que ele recebe parcos $ 400.000 por mês. Talvez aí esteja a solução. Salário de pelo menos 2 bons atacantes. Ouço palmeirenses com saudades de Jair pega-pega Picerni e Otacílio Gonçalves, o mestre chapinha.

Não vou criticar Diego Souza. Imagine você, carregando a bola. Olha para um lado, está Armero. Do outro, está passando Joãozinho ou Lovinho. Na frente, Robert. Atrás, um exército de volantes. No banco, Muricy. Parem as máquinas. Eu fugiria de campo.

Mas tudo vai mudar. Ewerthon, 3 temporadas, 4 gols, está chegando.

Wikipedia já coloca Lincoln no Palestra. O site oficial do jogador, não. Ele fez mais sucesso no exterior, o que  não significa muito, pois Taddei também. Na atual situação, reforço considerável.

Pelo jeito, as únicas alegrias do ano para palestrinos deverão vir da Libertadores. Ainda bem que sou Jornalismo Futebol Clube, exclamação.

O negócio é ir ao Lellis Tratoria da Al. Campinas, onde não paga estacionamento.

Por Primo Argentino, haaaja coração

15 Comentários

Arquivado em Palmeiras, Paulista