Arquivo da tag: Arena

As pesquisas confirmam

Certa vez, quando criança, ouvir falar que o italiano costuma ter o nariz grande porque mente muito. Depois de muito tempo foi noticiado na imprensa que, segundo uma pesquisa, os italianos são os mais mentirosos do mundo. Não me lembro quem publicou essa matéria, mas posso garantir que, embora de origem italiana, não estou mentindo sobre essa pesquisa. E tanto é verdade que não estou inventando coisa que vou trazer aqui alguns fatos que confirmam o resultado de tal pesquisa.

Notícia publicada em 10 de dezembro de 2009:

Com discurso otimista, Belluzzo promete elenco forte em 2010

É claro que o Palmeiras decepcionou para quem esperava o título e consequentemente a vaga para a Libertadores. Mas não é por isso que vamos achar que está tudo perdido e nada mais presta. Vamos ter um elenco forte e qualificar nosso plantel para 2010. É uma conclusão estúpida dizer que teremos um time fraco. Não vamos enfraquecer só pelo fato de não estarmos disputando a Libertadores. Quer dizer então que a Copa do Brasil, o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana não valem nada?

Notícia publicada em 14 de dezembro de 2009:

Presidente Belluzzo promete até seis contratações e quer reforçar defesa

A torcida pode ficar tranquila, porque vamos qualificar o elenco. Cinco ou seis jogadores estão próximos de serem fechados.”

Notícia publicada em 5 de janeiro de 2010:

Palmeiras apresenta Léo e Márcio Araújo e infla sistema defensivo em 2010

O Palmeiras está contratando de forma cirúrgica e vamos complementar (o elenco) para qualificá-lo. Estamos montando a defesa e o meio forte, marcador, com jogadores de qualidade. Ainda estamos atrás de um meia e dois atacantes. Mas as buscas são focadas naquilo que discutimos com o treinador e a comissão técnica.”

Notícia publicada em 15 de janeiro de 2010:

A um dia da estreia no Paulista, Palmeiras rechaça desespero por reforços

Não há desespero para contratar. A primeira rodada do Paulista vai passar e está tudo normal. No decorrer do campeonato, podemos fechar com outros nomes. Fomos pegos de surpresa em algumas situações do nosso elenco e é normal essa demora por se tratar do início do ano. Não vamos atrás de qualquer um. O problema é que não existem tantas opções assim no mercado. Não vamos contratar apenas por contratar.”

Notícia publicada em 31 de janeiro de 2010:

Diretoria do Palmeiras promete reforços

A carência é no ataque. A torcida pode ficar tranquila, dois reforços vão chegar. Nós estamos em negociações.”

Sem contar o episódio Val Baiano. Lembra-se do que disseram Dr. Cipullo e Toninho, el opinión minoritaria:

Dr. Cipullo: “Não negociamos e ele não faz parte dos nossos planos”

Toninho Cecílio: “Fizemos uma proposta, mas agora não tem mais diálogo”

Promessa de elenco forte? 5 ou 6 reforços próximos de serem contratados? Contratações cirúrgicas? Jogadores de qualidade? Marcelo Moreno? Kieza? Val Baiano? Ewerthon? Belluzzo? Cipullo? Italianada? Meu Deus, exclamação. Estou cada vez mais convencido de que a tal pesquisa acertou em cheio. E isso porque nem mencionei as promessas a respeito da famigerada Arena Palestra Itália. Arena?

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Palmeiras

No derby, venceu quem tem o mínimo

O clássico de hoje no Pacaembu serviu mais uma vez para expor as deficiências do elenco do Palmeiras, que se não se reforçar com pelo menos 2 bons atacantes fatalmente lutará para não cair no campeonato brasileiro (se contar com a sorte, talvez disputar uma vaga na sulamericana). Ora, um clube que se diz grande não pode ter no ataque titular Robert, Joãozinho e Daniel Lovinho e achar que tudo está normal. Acho que nem a Portuguesa se contentaria em ter uma linha de ataque dessa.

Mas pior do que o ataque palmeirense é ouvir que o gerente de futebol do clube, o servil Toninho Cecílio, ficou irritado quando foi questionado pelos repórteres acerca da fragilidade do elenco palmeirense e da necessidade de reforços. De tão estúpidas, as palavras de Cecílio não merecem maiores comentários. Devem apenas ser lidas e lamentadas:

Como pode ser considerado limitado? Muita crítica injusta com a diretoria palmeirense, ja estou perdendo a paciência. Há 15 dias tinhamos Vagner Love, perdi e não dá para trazer um do mesmo nível. Esqueceram o que fizemos no ano passado. Já contratamos Thiago Neves, ele não honrou contrato. Trouxemos Henrique, Keirrison, Marquinhos, Diego Souza…Aqui temos profissionalismo e responsabilidade financeira. Precisamos de uns três reforços.”

Até agora estou pensando qual foi a pior parte da entrevista: (i)  “esqueceram o que fizemos no ano passado“, (ii) “Já contratamos Thiago Neves”, (iii)trouxemos Keirrison e Marquinhos“, ou (iv) “aqui temos profissionalismo e responsabilidade financeira“. É por isso que o Palmeiras está aonde está. No comando estão os notáveis Belluzzo, Cipullo e Toninho Cecílio, pessoas que não tem a dignidade de reconhecer as deficiências do time e, mais grave, vivem fazendo promessas para iludir o torcedor, principalmente nos momentos de crise.

Pode apostar que nesta semana vai haver algum anúncio a respeito da famigerada Arena Palestra Itália, fora os atacantes que provavelmente vão dizer que o Palmeiras está contratando. Não duvide do anúncio de Sacconi como novo reforço. Sem contar no Gladiador Kleber. Dizem que vão aumentar a proposta para R$ 2.561.000,00 (o Porto havia fechado por 15). Eles sabem que a grande maioria dos torcedores são facilmente iludidos com notícias desse tipo. A Arena, aliás, é a válvula de escape da diretoria palmeirense para tudo o que acontece de errado no time.

Já o vencedor do clássico, o Corinthians, ganhou seu primeiro “título” no ano do centenário: venceu seu arquirival e quebrou um jejum de 3 anos e 6 meses sem ganhar do Palmeiras. O herói corintiano foi o baixinho Jorge Henrique, que do alto do seu 1,57m ganhou de cabeça dos estáticos defensores do Palmeiras, um deles o 10º volante Edinho pancada. O atacante foi disparado o melhor jogador do Corinthians na partida e mostrou que não pode ser reserva do time, sobretudo reserva de jogadores como Souza, Bill (quem?) e Iarley.

A avaliação da atuação do Corínthians no primeiro jogo de verdade no ano ficou prejudicada pela expulsão do lateral Roberto Carlos logo no 9º minuto da partida. E isso porque contrataram o lateral para dar mais experiência ao time. Mas para a sorte de Roberto Carlos o Corinthians venceu e sua expulsão acabou não interferindo no resultado. Jogando com um a menos desde os primeiros minutos o Corinthians apenas se defendeu do inofensivo ataque palmeirense. Arrisco-me a dizer que se o Corinthians jogasse apenas com seus jogadores de defesa, ainda assim venceria o Palmeiras.

10 Comentários

Arquivado em Corinthians, Palmeiras, Paulista