Cadê o Professor, interrogação

Depois de pífias campanhas no Palmeiras e no Santos, o Professor e (ex)trategista Vanderley Luxemburgo sumiu do chamado grande centro. Fora do eixo Rio-São Paulo, caiu no ostracismo. Está sem espaço na mídia e já não é apontado como um dos grandes técnicos do futebol brasileiro. Seus títulos regionais já não convencem.

Hoje está no comando do grande Atlético Mineiro. E em que pese a mediocridade do compeonato mineiro, seu time está tendo uma campanha nota 3. Talvez 4. Para se ter idéia o maior rival na tabela é o glorioso Uberaba, time do coração do ilustre Dr. Ricardo Antonio.

Dizem que seu maior adversário de uns anos para cá é o poker. O jogo teria sido um dos motivos para sua decadência. Também apontam a síndrome do pânico como um dos problemas que o (ex)trategista enfrenta. Talvez isso explique sua repentina preferência por escalações defensivas, com 3 zagueiros e 3 volantes.

Mas apesar de tudo o que dizem, o Professor Luxemburgo não merece ser esquecido nem ser tratado de tal forma. Não pode ser encarado como um técnico qualquer. Luxemburgo foi um grande treinador. Criador do “planejamento” e precursor na função de “manager”.

O fato de não ganhar nenhum título de expressão há muitos anos não pode ser motivo de tamanha frieza no trato da mídia. Nem o fato de nunca ter ganho um título internacional como a libertadores. Nem também o fato de vir errando sistematicamente na indicação de contratações, nas escalações e nas substituições. Errou feio na indicação de Jumar, Fabinho Capixaba, Jeferson, Evandro, Mozart, Gladstone, mas isso não é motivo para crucificá-lo. Nem mesmo o fato de seus times ultimamente não terem padrão de jogo ou apresentarem jogadas ensaiadas.

Enfim, nenhum desses pequenos detalhes é motivo para a imprensa dar as costas para o Professor Luxemburgo.  Para tentar salvá-lo do ostracismo, este blog faz sua parte e traz alguns vídeos em homenagem ao (ex)trategista. Grandes momentos que jamais podem ser esquecidos.

Anúncios

6 Comentários

Arquivado em Luxemburgo

6 Respostas para “Cadê o Professor, interrogação

  1. daniel

    o cara quando precisa falar q é bom , que resolve isso e aquilo é porque ja esta em decadencia , o proximo a sumir sera o muricy.Quanto ao Luxa sempre achei ele o melhor tecnico do Brasil , mas infelizmente ele acabou tendo outras prioridades na vida e ficou ultrapassado , hj quem eu acho muito bom é o Dorival Junior , mas ainda precisa de titulos

  2. Zeca, o Passarinho Tricolor

    Acompanho a trajetória do Luxemburgo desde os tempos que era treinador do Bragantino. Com ele a profissão de treinador no Brasil foi mais valorizada e respeitada pelos dirigentes, embora alguns ainda acham que entendem de tudo. Gostaria de um dia vê-lo como treinador do SPFC, embora as chances serem mínimas. Realmente foi ele o criador do planejamento no futebol, coisa na época inovadora, como também a pré-temporada, muitas na cidade de Atibaia com diversas equipes.

  3. Giovanni

    Daqui a pouco vem uma resposta no blog do Luxemburgo, criticando o Jornalista Avallone pelas críticas!! hahaha
    Do jeito que ele é escroto, não duvido mto.

  4. Sidney Sheldon

    Bom mesmo é o nosso Fossatti. O Inter como sempre inova no mercado nacional. Invejem paulistas e cariocas.

  5. Pingback: Cadê o mister? « Blog dos Avallone

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s