Onde os médios não têm vez

A diretoria da Juventus, decepcionada com a péssima campanha do time, deve anunciar diversos cortes ao final dessa temporada. Zebina, Camoranesi, ídolo de Jota Barros no WE, Trezeguet, Cannavaro, Grosso e o craque Amauri devem deixar o time. Não duvido que o emérito professor Belluzzo cogite um desses nomes nos próximos dias. Se depender de Muricy, o escolhido será um volante.

Buffon, que só não é melhor que Júlio César na casa de Gavão Bueno, e o velho Del Piero (nem tanto quanto Pet), devem ficar. Dias contados.

E o super craque Diego, idolatrado pela imprensa paulista, interrogação. Diria que tem motivo para se preocupar. É o que diz a reportagem de La Gazzetta dello Sport:

“Quanto a Diego, la società intende difendere l’investimento, convinta del valore del giocatore, però sarà lui a doversi adattare alla Juve.”

Traduza no google e leia toda a matéria. O contexto é claro: chance para Diego. “Mas deverá se adaptar”. O investimento foi alto e seria um atestado de incompetência dispensá-lo agora. Vão insistir, mas não se sabe até quando. A meu ver, nenhuma novidade.

Claro, se alguém perguntar, por exemplo, a comentaristas do tipo Paulo Roberto Martins ou Leandro Quesada,  vão dizer que o jogador é um sucesso na Itália, que os tifozi da Juve esqueceram Del Piero, ou que merece vaga na Copa, etc. Meu dever, como membro do jornalismo futebol clube, exclamação, é não iludir ninguém.

Logo logo a dupla Robinho-Diego deve voltar ao Santos. Vão anunciar como show de marketing dos notáveis do novo mercado santista, mas a real é que o retorno da dupla refletirá, pura e simplesmente, o fracasso no exterior. Aqui, jogadores como Fred, VLove, Robinho, Diego, Cicinho, são verdadeiros craques. Lá? Bom, pelo que vejo e leio, lá,a história é bem diferente.

Por Primo Argentino, rumo a Santiago

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Sem categoria

3 Respostas para “Onde os médios não têm vez

  1. Cajuru

    Voce também esqueceu do Diego Souza meu caro amigo parcialíssimo palestrino, que também teve um breve passagem pelo exterior não??? ou estou enganado???

  2. Bandeirante

    Diego, o jogador horizontal. Vive deitado em campo.

  3. Zeca, o Passarinho Tricolor

    Por isso eu digo, a distância é muito grande entre o médio e grande.
    Zéca- O Passarinho Tricolor – direto de Santiago….de Compostela, é claro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s