O Dia “D”

Harlei = Goleiro de braços curtos. Lembra muito Mauricio, ex-Corinthians;

Rafael Toloi = 19 anos de pura experiência. Tudo que uma zaga precisa;

Ernando (não, não faltou uma letra) = 21 anos da mesma “janela” do parceiro de zaga;

Leandro Euzébio = últimos times: Náutico e Omyia do Japão. Meu Deus, exclamação;

Vítor = Eterna promessa, esse veio do CRAC. Sem mais;

Rithelly = Difícil até de obter informações;

Fernando = Seu melhor predicado é ser irmão do “pinta de craque” Carlos Alberto;

Léo Lima = Aos 27 anos, o “caixeiro-viajante” Léo Lima já jogou em aproximadamente 15 times. Lembra muito Piá, ex-Ponte, ex- Corinthians e ex-tudo o que você puder imaginar;

Douglas = Não conheço;

Iarley = Esse merece respeito, no máximo. Sempre joga bem quando atua em times pequenos. Mas se fosse craque mesmo, na acepção da palavra, faria sucesso na Europa. O máximo que conseguiu foi passar pelo Real Madrid B, o que significa quase a mesma coisa que não ter ido;

Fernandão = Diiiiiiiizem ser o motivo da queda esmeraldina no campeonato. Jogador excelente… para a Quatar.

E o “técnico” é Hélio dos Anjos. O homofóbico treinador que, por curiosidade, tem “Pinto” no nome, e que ostenta grandes títulos no currículo:  Campeão Brasileiro (série B) 1999, Campeão da Copa Centro-Oeste 2000, Campeão Goiano 1999, 2000 e 2009, Campeão Pernambucano 1996, 1997 e 2003.

Parem as máquinas, exclamação.

Esta é a provável escalação do Goiás, time que o São Paulo tem a obrigação de vencer amanhã, o dia D do Brasileirão. É o mínimo para um time que quer ser campeão.

Tudo bem que futebol não é tão simples assim, mas para o torcedor são-paulino a frustração de perder um tetra brasileiro, devido a um Goiás no caminho, será quase a mesma de perder um “tetra” da América para um Internacional da vida (grande Muricy).

Não esquecendo também a grandeza do Goiás, cujo maior titulo de sua história é o Campeonato Brasileiro da serie B, e que em 2008 conseguiu, de forma inédita, perder uma final de campeonato estadual para o Itumbiara. Vale destacar ainda que até outro dia o Velho Baier era ídolo lá.

Por isso a obrigação do São Paulo é absoluta, caso queira realmente ser tetra.

Será que os deuses do futebol estarão ao lado do Tricolor amanhã, interrogação.

Roberio de Ogum reafirmou: dá Internacional. Não é difícil.

Por Jotas Barros, que diiiizem simpatizar com o São Paulo

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Sem categoria

2 Respostas para “O Dia “D”

  1. zeca

    Jota Barros, ainda bem que vc. voltou, o Primo Argentino só escreve sobre o Palestra que pra variar não vai a lugar nenhum.Domingo realmente é o dia D. A diretoria são-paulina está jogando todas suas fichas nesse jogo contra o Goiás, tanto que, o presidente Juvenal Juvêncio pagará um prêmio extra em dinheiro e no vestiário para cada jogador em caso de vitória, a bagatela de 25 páus., é mole.Avante São Paulo, vamos ser campeão.

  2. Vamos Matar os Bambis !

    Caro Zeca, com um pau vcs bambis jah gostam agora imagina com 25 paus no vestiário, meuuuuu deuusss o bicharlysson num sai desse vestiário por nadaa ! Como já dizia o vô Tóta: Avante Palestra !

    Vamos Matar os Bambis !
    Palestra, Palestra, Palestra !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s