Brilha muito no Brasileirão

Nesta semana foram divulgados os nomes dos jogadores que concorrem ao prêmio de Craque do Brasileirão 2009, os quais foram indicados por treinadores, jogadores e jornalistas. Analisando os nomes fiquei com a seguinte dúvida: ou as pessoas que “formam” a opinião dos torcedores brasileiros são incapazes de avaliar os melhores jogadores ou então o futebol brasileiro está entrando numa crise  sem precedentes. 

Os “especialistas”, por exemplo, conseguiram escolher Armero como um dos 3 melhores da lateral esquerda. Tudo bem que o Brasil está carente de bons jogadores na posição, mas quem já assistiu algum jogo dele sabe o quão pobre é o seu futebol. É o típico jogador que ou corre ou pensa. As duas coisas juntas ele não consegue. Um cone seria um candidato melhor. O outro concorrente na lateral esquerda é Kleber. Até aceito a escolha se o voto foi dado pelo que ele jogava nos tempos do Santos (e tenho certeza que os votos foram dados por causa dessa lembrança; ou por exclusão). Mas a verdade é que Kleber não joga bem desde que resolveu se esconder no futebol gaúcho.

A escolha dos “melhores” treinadores também chamou atenção. E como. Andrade, Silas e Celso Roth. Parem as máquinas. O primeiro poderia entrar na categoria melhor interino, mas não como melhor treinador. É verdade que ele pode ser campeão, mas isso não significa que é o melhor. 1 título não é parâmetro (nem 3). Vale lembrar que até Geninho já foi campeão brasileiro. Silas, por sua vez, poderia entrar na categoria técnico revelação. É muito cedo para apontá-lo como o melhor.  Até porque levar um time para a 7ª colocação do campeonato brasileiro, nivelado (por baixo) do jeito que está, não é nada de espetacular. Nem sendo este time o Avaí.

Mas o nome que mais chamou atenção entre os treinadores foi Celso Roth, o homem que ousou modificar a velha frase ”todo grande time começa por um bom goleiro” para “todo grande time começa por 3 volantes” . Meu Deus, exclamação. É o fim do futebol brasileiro. Celso Roth é tão bom que mesmo tendo 20 anos de carreira o máximo que conseguiu foi o título gaúcho. Um time sem técnico ganha o título gaúcho. Basta que esse time seja o Internacional ou o Grêmio.

A falta de critério também é outro aspecto curioso na escolha dos melhores. No ataque, os nomes foram separados entre “primeiro atacante” e “segundo atacante”. Como primeiro atacante foram escolhidos Diego Tardelli, Fernandinho e Fred, e como segundo Ronaldo, Adriano e Iarley.  Ora, até onde eu sei Diego Tardelli, Fred, Ronaldo e Adriano jogam na mesma posição. Ou todos são “primeiro atacantes” ou todos são “segundo atacantes”. Nã dá para segregar. Incompreensível.

Mas o ápice  foi a escolha do tal “Craque da Galera”. Conca, Hernanes e Petkovic disputam o prêmio. Só pode ser brincadeira. Ora, o craque Conca está levando o seu time para a 2ª divisão; realmente deve estar jogando muito; Hernanes, sem prejuízo de ser volante, e volante não pode ser craque, pois se fosse craque não seria volante, não jogou absolutamente nada nesse brasileiro; o único que poderia ser intitulado craque é Petkovic, mas pelo que ele fez há uns 20 anos; embora tenha sido feito muito oba-oba para o jogador, a verdade é que ele atuou em meia dúzia de jogos no campeoanto, já que, pela sua idade avançada, o geriatra do Flamengo recomendou ao jogador não abusar muito dos exercícios físicos, pois do contrário pode ter um AVC em campo.

Brincadeiras a parte,  embora entenda que a maioria dos formadores de opinião no Brasil não tenham critério ou embasamento em suas escolhas, até porque muitos são comprometidos com outros interesses, acredito que na verdade o problema é a escassez de bons jogadores no futebol brasileiro. É nítido como alguns nomes foram escolhidos mais pelo que fizeram no passado do que pelo que fizeram no campeonato deste ano, e muitos outros simplesmente por falta de opção. Kleber, Petkovic, Fred, Ronaldo (que mal jogou) são exemplos disso.

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em Sem categoria

7 Respostas para “Brilha muito no Brasileirão

  1. em processo acelerado de emburrecimento

    bambis” ,tres colocaçoes eu tenho a fazer :

    1 tais palavras foram ditas em um evento futebolistico onde é comum haver brincaderas envolvendo o seus rivais

    2 é de meu conhecimento que o spfc e sua torcida nunca assumiu e nem assumirá publicamente esta alcunha então tornasse impossivel alguem se ofender com palavras que não são direcionadas a sua pessoa

    3 porque curinthians,palmeiras,flamengo,vasco,e outros times podem ter apelidos que ofendem sua integridade moral e psicologica e o spfc não pode ?

    • em processo acelerado de emburrecimento

      fizeram uma tempestade toda do caso do “vamos matar os bambis” ,tres colocaçoes eu tenho a fazer :

      1 tais palavras foram ditas em um evento futebolistico onde é comum haver brincaderas envolvendo o seus rivais

      2 é de meu conhecimento que o spfc e sua torcida nunca assumiu e nem assumirá publicamente esta alcunha então tornasse impossivel alguem se ofender com palavras que não são direcionadas a sua pessoa

      3 porque curinthians,palmeiras,flamengo,vasco,e outros times podem ter apelidos que ofendem sua integridade moral e psicologica e o spfc não pode ?

      Em processo acelerado de emburrecimento

      Realmente os são-paulinos estão muito complexados com essa história de bambi. É preciso parar com esse tipo de preconceito. Faz parte da brincadeira.

  2. Elton Cesar

    O craque da galera, como o própio nome sugere, é eleito por votação popular, e não pelos ditos “especialistas”. Ou seja, é uma escolha totalmente passional.

    Pra terminar, duas curiosidades:

    1ª: “1 título não é parâmetro (nem 3)” – foi uma indireta pro Muricy, não?

    2ª: quando ninguem assina o texto, é pq a autoria é do Avallone?

    Saudações Rubro-Nrgras
    Flamengo sempre hei de ser

    Elton

    1. Será, interrogação.

    2. O Roberto Avallone é o inspirador de todos os textos.

  3. RedBlack

    Quem fez a lista foram os jornalistas. E como se sabe, têm um baixo QI, pois se tivessem um QI pelo menos mediano, não seriam jornalistas.

    RedBlack

    Não generalize. Existe uma meia dúzia de bons jornalistas esportivos.

  4. JOBERT SP

    è Isso Ai Avallone matou a pau o nivel esta pes-simo.

  5. RedBlack

    A generalização eu aprendi com o autor do blog, quando disse: “Hernanes, sem prejuízo de ser volante, e volante não pode ser craque, pois se fosse craque não seria volante”.
    Achei bem verdadeira a argumentação. Daí para os jornalistas, foi um pulo!

  6. olheiro

    o Avallone está com blog no uol, vocês não vão destacar isso, interrogação?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s