Duelo dos ciumentos

De um lado, diiiiizem que o time do Palmeiras está com ciúmes de Vagner Love.

De outro, do Goiás, diiiiizem, ser de Fernandão, o injustiçado colorado.

Ultimamente isso tem sido uma tônica nos times de futebol: jogadores com ciúmes de um determinado atleta recém chegado, ou melhor, do salário dele.

Parem as maquinas, exclamação.

Em todo segmento profissional é normal que existam expoentes, pessoas mais capacitadas, mais competentes, e que via de regra têm ascensão, status e rendimentos superiores.

Não pode existir esse tipo de sentimento no futebol. O profissional que chega como “estrela” atingiu esse nível por méritos próprios (desempenho) ou de terceiros (simpatia de alguém, favorecimento de alguém, produção cinematográfica, como o caso de Defederico, etc) o que também não deixa de ser mérito.

Vivemos, ainda bem, no capitalismo. Meritocracia. Futebol não foge disso, e as pessoas mais capacitadas devem sim ser mais bem remuneradas (Beluzzo, o defensor de teto de salários, que não me ouça). Afinal, elas fazem a diferença.

Os jogadores que hoje nutrem esse sentimento deveriam sim é se espelhar nas estrelas, dedicar-se mais, e correr mais (ou arrumar empresários melhores) para um dia adquirir tal status.

Vejam, em nenhum momento eu disse que Love e Fernandão são craques. Longe disso. O fato é que estão causando ciúmes.

Meu deus, exclamação.

Imaginem se Pelé e Maradona jogassem hoje. Os demais jogadores de seus times fariam o que, interrogação. Entrariam em greve, interrogação novamente.

Luz !!!

Por Jota Barros, não muito polêmico dessa vez

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s