A fila anda

Palavras de Gabiru no globoesporte.globo.com 2 dias antes da festa do centenário:

Não me chamaram para o evento, não sei de nada. Não recebi convite, ninguém me ligou. Seria bom ter sido lembrado. Fiz parte da campanha

Na rádio gaúcha http://www.clicrbs.com.br

Estou esperando o convite. Eu fiquei sabendo desta festa apenas pela imprensa. Eu nem imaginava que esta festa ia existir. Fiquei chateado. Como eu fiz o gol eles poderiam lembrar de mim, mas, caso seja convidado, estarei presente

No esporte.uol.com.br

“Com certeza estou magoado, ninguém me procurou, ninguém da diretoria ligou, só vocês da imprensa me ligaram, fiquei sabendo da festa por vocês”

A imprensa inteira tinha encontrado Gabiru, menos o Inter, segundo um diretor na época http://globoesporte.globo.com

“O problema, segundo lhe informaram os integrantes da equipe encarregada de fazer os convites, é que Adriano Gabiru ainda não tinha sido encontrado e não atende as chamadas por telefone.”

A questão do Fernandão é muito pior. Se eu fosse colorado (sou jornalismo futebol clube), evitaria tocar no assunto. Vejam:

No site http://esportes.terra.com.br

“Quando eu não era ninguém e estava no futebol francês, o Internacional se reuniu comigo e isso foi uma das coisas que me fez voltar para o Brasil. Agora pediram, por email, para eu fazer uma proposta finaceira. Existe um telefone para falar e resolver essas coisas, tanto que foi assim que eu acertei com o Goiás”

Pesado, interrogação. Vejam esta no zerohora

“Para mim, o mais engraçado é que, até segunda-feira da semana passada, assim que eu tentasse, eu conseguia falar com qualquer um deles. A partir do momento que eu rescindi o contrato e que realmente estava livre para negociar, ele mudou o itinerário dele. Foi para o Japão e ficou incomunicável, uma coisa que não tinha acontecido ainda.”

Para finalizar e, imagino, esclarecer todas as dúvidas, também no zerohora

Agora eu entendo uma frase que disseram ao Iarley no Beira-Rio quando ele foi embora: “a fila anda”. Estou muito feliz aqui e quero ser campeão brasileiro pelo Goiás.

Não preciso falar mais nada. Julguem.

E aceite as críticas.

Por Primo Argentino, repórter investigativo

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Sem categoria

4 Respostas para “A fila anda

  1. Pingback: Direito de resposta à comentarista Natália « Blog dos Avallone

  2. Pingback: “Sou Colorado, ora” « Blog dos Avallone

  3. Pingback: Correndinho « Blog dos Avallone

  4. Pingback: Que venha a Libertadores « Blog dos Avallone

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s