A inutilidade da Copa do Brasil

Anteontem o Corinthians venceu o Grêmio por 2 x 1 no Pacaembu. A pergunta que se faz é: e daí? O que mudaria para o Corinthians se ele tivesse perdido. Nada. Absolutamente nada. E o que muda para o Corinthians se ele ganhar ou perder os próximos 5 jogos. Nada. Absolutamente nada. E porque tudo isso? Porque o Corinthians ganhou a Copa do Brasil e garantiu uma vaga para a Copa Libertadores do ano que vem. A verdade é que para o Corinthians (e seus torcedores) o campeonato brasileiro deixou de ser interessante, principalmente depois que passou a não ter mais chances de ser campeão.

O ano inteiro estou escutando dirigentes, jogadores e torcedores do Corinthians dizerem coisa do tipo “corre atrás pois o meu time já está na Taça Libertadores” ou então “que se dane o brasileiro pois já estamos na Libertadores em 2010”. O próprio Ronaldo disse algo parecido após uma derrota do Corinthiansno Pacaembu. Uma infelicidade. Com todo respeito este pensamento é de time pequeno. De amador.  Ouvir isso de torcedores tudo bem, mas de jogadores e dirigentes é inadmissível.

Ora, a partir do momento em que os próprios jogadores demonstram que o campeonato não tem importância, a torcida por consequência também deixa de acompanhar o campeonato. Muitos param de ir ao estádio. Param de assistir aos jogos na televisão. Outros deixam de comprar o jornal e acompanhar as notícias do time. E assim por diante. E quem perde com isso: o Corinthians, já que suas receitas tendem a diminuir. E porque: foi campeão da gloriosa Copa do Brasil e assim já está na libertadores do ano que vem.

A televisão também deixa de passar os jogos do time. Basta analisar. Compare quantos jogos do Corinthians foram transmitidos no 1º semestre e quantos foram no 2º semestre. A diferença é gritante. E qual a razão disso? Devido ao desinteresse dos torcedores – causado pela tal vaga na libertadores do ano que vem – a audiência cai e a televisão deixa de passar as partidas do time. Dá preferência para quem está disputando algo no campeonato. E quem perde com tudo isso: os (muitos) patrocinadores da camisa e o próprio Corinthians. Quem tiver oportunidade de conversar com o Sílvio Santos pergunte se ele está feliz com o atual momento do Corinthians.

E outra coisa. Ao contrário do que o Corinthians vem tentando pregar, o campeonato brasileiro não é um simples caminho para a Taça Libertadores. É uma consequência. O campeonato brasileiro é um título de expressão. É uma referência. Para quem se preocupa tanto com o nome do clube no exterior deveria pensar bem em ganhar o campeonato brasileiro e ter seu nome divulgado lá fora. Ou será que é bom para a reputação do clube que um clube estrangeiro interessado em um de seus jogadores fique sabendo que o Corinthians é um clube mediano, já que objetivamente ele ficou em 10º lugar no campeonato brasileiro.  É por essas e outras que o Corinthians precisa pensar bem em suas atitudes e “planejamentos”.

Mas é bom que se diga que a culpa não é só dos corintianos. A grande parcela de culpa é do pessoal que comanda o futebol brasileiro. É preciso repensar de uma vez por todas o futuro da tal Copa do Brasil. Um torneio que já teve como campeão o Criciúma, Paulista, Santo André, Juventude, com todo respeito a estes times. Um campeonato em que para ser campeão basta vencer ABC, CSA, Operário, Fortaleza e outros tantos times sem expressão. Um torneio no qual não costumam participar os mais importantes clubes do país – já que na maioria das vezes eles disputam a Copa Libertadores. Enfim, um torneio sem graça, de participantes inexpressivos e que “premia” o campeão com uma vaga na libertadores.

A meu ver o torneio precisa ser revisto urgente.  Em primeiro lugar não pode deixar de fora os mais importantes times do Brasil sob o pretexto de disputarem a Copa Libertadores. Todos devem participar. Se não for assim muitas injustiças vão e continuarão a acontecer. Um exemplo (que ainda não ocorreu, mas pode perfeitamente se concretizar): o time brasileiro que disputar e perder a pré-libertadores ficará sem jogar o torneio continental e também a Copa do Brasil. Enquanto isso vai assistir ao glorioso Fluminense de Feita de Santana “disputar” a Copa do Brasil. Para você ver como as coisas são bem pensadas pelo pessoal da CBF.

 E para que não aconteça o que está acontecendo com o Corinthians, a meu ver a Copa do Brasil deveria ser disputada de forma paralela ao campeonato brasileiro, de modo que as finais sejam disputadas no fim do ano. Esse o único jeito de fazer com que o campeão não perca o interesse de disputar o Brasileirão. 

Se continuar do jeito que está, uma análise fria pode sugerir que para um time grande como o Corinthians o melhor é não vencer a Copa do Brasil e conquistar a vaga na libertadores disputando o campeonato brasileiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s